A Polícia Federal indiciou o ex-presidente Lula e mais sete pessoas no âmbito da Operação Lava Jato. O petista é acusado de corrupção passiva. Além de Lula, a ex-primeira-dama Marisa Letícia e o ex-ministro Antônio Palocci estão entre os outros indiciados, mas pelo crime de lavagem de dinheiro.

Na primeira acusação, a Polícia Federal alega que a compra de um terreno que seria utilizado para a construção de uma sede do Instituto Lula teria sido adquirido com dinheiro de propina da construtora Odebrecht ao ex-presidente. No segundo indiciamento, o apartamento localizado em frente ao que Lula reside também teria o dinheiro ilícito da empreiteira envolvido.

A PF afirma que Palocci distribuia a propina da Odebrecht ao Partido dos Trabalhadores (PT) e fazia uso da sua influência para tratar dos interesses da construtora junto ao Governo Federal.

Segundo a investigação da PF, Lula foi um dos que foram beneficiados com a propina. O terreno onde seria construído a sede do Instituto Lula foi adquirido pela DAG Construções, que estaria atuando como um preposto da Odebrecht.

Confira abaixo a lista completa dos indiciados pela Polícia Federal:

Luiz Inácio Lula da Silva - ex-presidente da República
Marisa Letícia Lula da Silva - ex-primeira-dama
Antônio Palocci Filho - ex-ministro nos governos Lula e Dilma
Glaucos da Costa Marques - primo do pecuarista José Carlos Bumlai, já condenado na Lava Jato
Demerval de Souza Gusmão Filho - Dono da empresa DAG Construtora
Roberto Teixeira - Advogado do ex-presidente Lula
Branislav Kontic - Assessor do ex-ministro Palocci