O governo de São Paulo inicia em janeiro de 2014 o *programa bônus para policiais que reduzirem os índices criminais na área em que atuam. O anúncio foi feito pelo governo há seis meses, mas os detalhes ainda passavam por ajustes e só foram decididos agora. Entretanto, o programa depende da aprovação da Assembleia Legislativa.


Os indicadores criminais foram separados em três categorias: o primeiro indicador será o crime contra a vida, latrocínio e homicídio;  o segundo refere-se a roubos e furtos de veículos. E por último os demais crimes contra o patrimônio.


Os policiais civis e militares que reduzirem pelo menos dois dos três indicadores já ganham parte do bônus. O valor máximo do prêmio será de R$ 8 mil, mas só receberá esse valor a equipe que atingir toda meta estipulada.


Segundo o comandante da Polícia Militar, coronel Benedito Meira, a corporação fará nos próximos dois meses uma experiência em busca dos resultados.


“O policial vai ter um reflexo em seu bolso a partir do ano que vem. Esses dois meses serão usados como referencia, são dois meses que nós vamos usar como experiência. Nós vamos chamar todos os comandantes da PM para explicar como eles podem atingir o resultado esperado”, explicou.


Ouça o áudio e confira os detalhes.


 


*Diferente do que foi publicado antes, o bônus não começará a ser pago em janeiro e o valor máximo do prêmio é de R$ 8 mil.