Por volta das 7 horas desta manhã à festa ainda rolava a todo o vapor no Sambódromo do Anhembi, no desfile das campeãs. À noite de comemoração em São Paulo teve início com o desfile da Dragões da Fiel, seguido das escolas de samba Camisa Verde e Branco, Gaviões da Fiel, Unidos de Vila Maria, Acadêmicos do Tucuruvi, Mancha Verde e, por última, a grande Campeã do Carnaval 2011, a Vai-Vai. O maestro João Carlos Martins, homenageado pela escola vencedora do Grupo Especial, com o enredo 'A música venceu', estava visivelmente emocionado com o título. Martins foi aplaudido pelo público em geral. Na concentração, todos queriam tirar fotos com ele. Na passarela do samba, o maestro foi tratado como uma verdadeira celebridade pelos integrantes da Vai-Vai. Havia um certo temor com os desfiles apresentados no Anhembi nesta sexta-feira, por conta da presença de três grandes torcidas de futebol na arquibancada. No entanto, um esquema foi montado pela Polícia Militar e não houve registro de nenhuma incidência. Mais de 1.200 homens foram escalados para garantir a segurança no desfile das campeãs em São Paulo. Mais uma vez, as madrinhas de bateria Sabrina Sato (Gaviões da Fiel), Viviane Araújo (Mancha Verde), Priscila Bonifácio (Vila Maria), além do destaque da Vai-Vai, a apresentadora Ana Hichmann, que mesma machucada compareceu ao Sambódromo, deram um show de simpatia e arrancaram a atenção do público presente. No entanto, podemos dizer que o desfile das campeãs em São Paulo foi marcado pela descontração. O que se viu na avenida, em todas as escolas, eram fantasias e alas incompletas. Como não havia preocupação com jurados, também não havia problema com o relógio. Os desfiles duraram, em média, uma hora.