Um dos grandes benefícios dos automóveis flex é permitir que o consumidor opte pela opção mais barata, seguindo os preços de mercado. O etanol atualmente é bem mais barato, faz com que o motor do carro gere mais potência, mas, em contrapartida, consome mais. A gasolina, por sua vez, sofre com as oscilações da economia e às vezes seu preço pode ser bem salgado.

Para que você não saia no prejuízo, ensinamos a melhor forma de calcular qual é a melhor opção do momento. Acompanhe: 

- Divida o valor do litro do álcool pelo da gasolina. Se o resultado for menor que 0,7, ainda vale a pena abastecer com álcool. Se for maior, opte pela gasolina.

Por exemplo: se o litro do álcool custa R$ 1,50 e o da gasolina R$ 2,70, divida o primeiro pelo segundo.

O resultado será 0,55 (menor que 0,7). Neste caso, vale a pena abastecer com álcool.