Após uma abertura morna, a Bovespa avança nesta segunda-feira (19), amparada pelo início dos negócios forte em Wall Street. Às 10h40, o Ibovespa acelerava os ganhos para 0,51%, aos 61.941,16 pontos. Os índices das bolsas de Nova York avançam na esteira do bom humor visto na Europa. 

Na França, o presidente Emmanuel Macron fortaleceu sua posição política, depois de conseguir maioria nas eleições parlamentares do país no domingo. Operadores destacam, no entanto, que o vencimento de opções sobre ações nesta segunda na B3 pode segurar os negócios durante a primeira metade da sessão. As ações da Vale sustentam o índice à vista no positivo, enquanto os papéis da JBS recuam mais de 3,0%.

A cautela local segue motivada pelo noticiário político, que teve como principal novidade durante o fim de semana novos ataques do dono da JBS, Joesley Batista, ao presidente Michel Temer. Em entrevista à revista Época, o empresário classificou o peemedebista como "chefe da quadrilha mais perigosa do Brasil". A despeito da crise instalada no governo, Temer mantém sua agenda e embarca no início da tarde para visita oficial à Rússia.