0:00
0:00

Assista ao vivo

Economia começa a caminhar na direção certa com medidas, diz Meirelles

  • Por Estadão Conteúdo
  • 10/08/2017 16h52
José Cruz/Agência BrasilO ministro voltou a dizer que o País estava até o ano passado em sua maior recessão da história, com a economia em "desfuncionalidades", além dos problemas de inflação e desemprego

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, repetiu nesta quinta-feira, 10, que a economia do Brasil começa a caminhar na direção correta, graças a medidas que começam a organizar a economia. “Essa medida de hoje é um excelente e concreto exemplo do que estamos dizendo”, afirmou, durante o anúncio da distribuição dos dividendos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Ele lembrou que o FGTS até o ano passado tinha a menor remuneração do sistema financeiro (TR + 3%) e este ano terá de 7,14%. O ministro voltou a dizer que o País estava até o ano passado em sua maior recessão da história, com a economia em “desfuncionalidades”, além dos problemas de inflação e desemprego. “A dívida crescia de maneira preocupante, mostrando o descontrole das contas públicas. Mas muito foi feito, está sendo feito e será feito”, completou.

O ministro voltou a dizer que o caminho para não se aumentar impostos e manter a inflação baixa é o controle das despesas. “Essa é a única saída e isso já começa a acontecer no Brasil”, afirmou. “É evidente que no momento da retomada existem números contraditórios, mas a recuperação da economia começou a acontecer”, acrescentou.

Meirelles citou novamente as medidas já tomadas e as reformas propostas e aprovadas. “Com isso, o Brasil voltará a crescer mais e melhor”, concluiu.