O governo Dilma deu novo susto no mercado ao entregar inflação de 0,92% em março. A presidente conseguiu quebrar um recorde de onze anos para o IPCA desse mês.


O governo que aí está elevou o índice para níveis que devem complicar o trabalho do Banco Central.


Em entrevista a Denise Campos de Toledo, o economista Luís Roberto Cunha advertiu que a situação tende a piorar.


*Ouça os detalhes no áudio


Para abril, outro economista aposta em velocidade menor no processo de desvalorização do salário do trabalhador. Étore Sanchez prevê inflação acima de 0,7% com a reposição da oferta de verduras e legumes.


E o Banco Central divulgou nesta quinta-feira a ata da reunião do Copom da semana passada.


O economista João Pedro Brugger não espera surpresas porque a autoridade monetária deve moderar a alta do juro.


A alta da inflação oficial e a última entrevista do ex-presidente Lula sinalizando a própria candidatura alarmaram o mercado.


O Ibovespa fechou com queda de 0,86% a 51.185 pontos e o dólar teve nova desvalorização, cotado abaixo de R$ 2,20.