Será realizado até sábado no Expo Center Norte a 2ª edição do Feirão Limpa-Nome de São Paulo, que permite a negociação sobre dívidas vencidas com empresas como a Caixa Econômica Federal, AES Eletropaulo, HSBC e Santander. Renata Perobelli, que acompanha o evento, conversou com Vander Nagata, superintendente de Informações da Serasa Experian, e ele revelou que as conversas podem demorar entre cinco minutos e uma hora.

Entre as razões que justificam a diferença, aparecem o tamanho da dívida e a forma de pagamento, pontos que nem sempre encontram consenso no lado oposto da mesa. Vander destacou que não existe um limite mínimo de valor ou uma quantidade de parcelas, antes de relatar que o objetivo do feirão é permitir que o cidadão limpe seu nome e abra novas frentes de crédito, o que ajuda a economia brasileira a crescer.