0:00
0:00

MEC estabelece prazos para credenciamento de instituições de ensino superior

  • Por Estadão Conteúdo
  • 04/01/2017 10h19
Suami Dias/GOVBASuami Dias/GOVBAEnsino Médio
Salvador- BA- Brasil- 25/07/2016- As escolas estaduais estão intensificando as atividades na preparação dos estudantes para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que acontece 5 e 6 de novembro deste ano. No Colégio Estadual Ruben Dário, no bairro de San Martin, em Salvador, a semana será de simulados. Para abranger todas as áreas do conhecimento, as provas começaram nesta segunda-feira (25) e prosseguem até quinta (28), oportunizando aos alunos do 3º ano do Ensino Médio e da Educação Profissional vivenciar situações semelhantes às do dia da avaliação. Com o sonho de cursar Medicina, Leonardo Alves, 17 anos, destaca que o simulado contribui para aumentar a sua confiança. “Podemos avaliar nosso conhecimento e rever os pontos que precisamos melhorar. Também temos o apoio dos professores, que são bastante solícitos. Por meio de grupos online, realizamos uma troca de temas e assuntos que estão em mais evidência no momento. Isso nos deixa ainda mais preparados”. Entusiasmado com a possibilidade de cursar Engenharia Química, Wallace Santos, 18, afirma que o aluno não pode se contentar apenas com o que aprende na sala de aula. “Estamos tendo a oportunidade de aperfeiçoar o nosso conhecimento com diversas atividades. Além da escola, os colegas se reúnem em grupos de estudo para podermos já obter, nos simulados, um bom resultado, nos capacitando a realizar uma boa prova do Enem”. O professor de Língua Portuguesa, Antônio Almeida, diz que o suporte da unidade escolar é fundamental para o bom desempenho do estudante. “Fazemos um trabalho sempre visando o que é aplicado no exame. Com certeza, estas atividades dão uma maior oportunidade aos nossos alunos e os estimulam a concorrer em situação de igualdade com qualquer candidato. Além do simulado, a escola realiza as Olimpíadas de Matemática e Português, assim como o Clube de Leitura, desenvolvendo a interpretação de texto”. A Secretaria da Educação disponibiliza par

Foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (4), portaria estabelecendo prazos de validade para atos de credenciamento e recredenciamento de instituições de ensino superior. Os período para centros universitários vão de três a cinco anos e, para universidades, cinco a dez anos. 

A portaria ressalta que os prazos de vigência estabelecidos nos atos de autorização institucionais específicos para cada instituição prevalecem sobre os prazos fixados hoje e que as instituições de ensino que tiveram portarias de credenciamento ou recredenciamento expedidas antes da publicação da portaria somente deverão protocolar novo pedido de recredenciamento no ano de término da vigência do ato.