0:00
0:00

98% dos que foram às urnas na Venezuela votaram contra alteração da Constituição

  • Por Estadão Conteúdo
  • 17/07/2017 16h41
EFEEFEContra Maduro, população pede eleições livres e transparentes na Venezuela

A grande maioria da população venezuelana que compareceu à consulta popular no domingo, organizada pela oposição, rejeitou a Assembleia Nacional Constituinte do governo de Nicolás Maduro. Segundo a reitora da Universidade Central da Venezuela, Cecilia García Arocha, afirmou que um total de 7.186.170 venezuelanos participaram da votação.

De acordo com o jornal El Universal, 98,4% dos que votaram rejeitaram a Assembleia Nacional Constituinte proposta pelo governo Maduro, enquanto 0,13% disseram ser a favor. Já 98,5% afirmaram que a Força Armada Nacional deve obedecer às decisões da Assembleia Nacional, enquanto 0,12% disseram que não.

Em relação ao pedido de renovação dos poderes públicos e para que sejam convocadas eleições “livres e transparentes” e se instaure um governo de transação e de “unidade nacional”, 98,3% dos eleitores afirmaram que são a favor da proposta, enquanto 0,14% se posicionaram contrários.