Avião com 71 pessoas a bordo cai nos arredores de Moscou

  • Por Jovem Pan com EFE
  • 11/02/2018 11h04
EFE/EPA/SERGEY DOLZHENKOFoto de arquivo de um avião Antonov An-148, mesmo modelo que caiu neste domingo na Rússia

Um avião birreator Antonov An-148 que levava 71 pessoas a bordo caiu neste domingo (11) nos arredores de Moscou, segundo informou a imprensa local.

A Promotoria de Transporte de Moscou confirmou a morte de todas as 71 pessoas que estavam a bordo do avião birreator AN-148 que caiu nos arredores de Moscou neste domingo.

“A bordo da nave encontravam-se 65 passageiros e seis tripulantes. Todos morreram”, disse a entidade em comunicado.

A aeronave caiu entre as localidades de Arguntsevo e Stepanovo, na província de Moscou.

Em entrevista exclusiva à Jovem Pan, o especialista em aviação Gianfraco Beting destacou que o Antonov 148 é um modelo “moderníssimo” e similar ao LaMia 2933, que vitimou a equipe da Chapecoense em dezembro de 2016, último grande acidente em voo comercial registrado até agora.

O avião, pertencente à companhia Saratovskie Avialinii, desapareceu dos radares poucos depois de decolar do aeroporto internacional de Domodedovo, em Moscou, rumo à cidade de Orsk, ao sul dos montes Urais.

Moradores da região disseram que viram o avião, modelo AN-148, caindo em chamas. Fontes dos serviços de emergência indicaram que os destroços da aeronave foram avistados desde o ar e que equipes de resgate se dirigem ao local da queda.

Segundo a conta no Twitter “Flightradar 24”, cinco minutos após o avião decolar de Moscou, ele começou a descer a uma velocidade de 3.300 pés por minuto, quando finalmente o sinal de contato com a aeronave foi perdido.

O gráfico mostra que a altura do avião caiu de 6.200 pés para 3.200 pés no último minuto antes de perder o sinal, a 20 km a sudeste do aeroporto.

A temperatura local era de 5º C no momento do acidente e o vento estava a 6 m/s, cerca de 21 km/h.