0:00
0:00

Bush pai é acusado por outra mulher de tocá-la inadequamente aos 16 anos

  • Por EFE
  • 13/11/2017 16h01

EFE

Ex-presidente Geroge H.W. Bush é suspeito de ter assediado sexualmente seis mulheres

Uma sexta mulher acusou o ex-presidente dos Estados Unidos George H. W. Bush de tê-la tocado de maneira inadequada durante uma sessão de fotos em 2003, quando ele tinha 79 anos e ela apenas 16.

“A minha reação inicial de absoluto terror. Estava muito confusa”, disse Roslyn Corrigan em entrevista à revista “Time”.

O incidente ocorreu quando Corrigan e sua mãe, Sari Young, posaram para uma foto oficial ao lado de Bush pai, que teria aproveitado o momento para tocar nas nádegas da adolescente.

Os fatos ocorreram, segundo Corrigan, em novembro de 2003, durante um evento no escritório da Agência Central de Inteligência (CIA). Ela foi ao local porque seu pai trabalhava para o órgão.

“O que poderia dizer uma adolescente ao ex-presidente dos Estados Unidos? Tio, você não deveria ter me tocado assim?”, disse ela.

Segundo a revista “Time” sete pessoas, incluindo membros da família e amigos, disseram que Corrigan contou o ocorrido a eles.

Com a acusação de hoje, já são seis mulheres que denunciam o ex-presidente de assédio sexual. A primeira foi a atriz americana Heather Lind, que afirmou que Bush pai a tocou de forma inapropriada duas vezes enquanto fazia uma “piada obscena”.

Após a primeira acusação, o porta-voz do ex-presidente, Jim McGrath, afirmou que Bush pai “nunca, em nenhuma circunstância, causaria intencionalmente angústia a ninguém”. Ele pediu desculpas pelo humor do ex-líder ter ofendido Lind.

As acusações ocorrem depois do início de uma campanha de assédio sexual por causa do recente escândalo envolvendo Harvey Weinstein, um dos maiores produtores de Hollywood, que foi acusado por dezenas de mulheres de ter cometido abusos.