Criança perde braço após ser atacada por tigre em zoológico de Cascavel

  • Por Agencia EFE
  • 31/07/2014 14h43

Rio de Janeiro, 31 jul (EFE).- Uma criança de 11 anos foi atacada por um tigre em um zoológico de Cascavel e perdeu o braço direito como consequência dos ferimentos causados pelo animal, informou nesta quinta-feira o Hospital Universitário do Oeste do Paraná.

Após o acidente ocorrido na quarta-feira, o menor foi submetido a uma cirurgia de emergência para amputar o braço na altura do ombro e agora permanece estável e fora de perigo, segundo o último boletim médico.

O ataque aconteceu quando a criança estava em uma zona proibida do zoológico e tentava alimentar o tigre, que atacou a crinaça apesar da grade que separava ambos.

Alguns dos presentes no momento do acidente registraram a cena um pouco antes do ataque em um vídeo, no qual se observa o menor introduzindo o braço dentro da jaula do animal para tentar tocá-lo.

De acordo com a Prefeitura da cidade, os cuidadores relataram que o pai da criança encorajou o filho a correr ao redor do recinto do felino para provocá-lo.

O progenitor da vítima, que pode responder por lesão corporal grave, foi levado à Delegacia de Cascavel para prestar declarações e foi liberado pouco depois.

A Guarda Municipal explicou que investigará se houve erros na segurança do local, realizada por seis homens. EFE