0:00
0:00

Número de mortes causadas por fortes chuvas no Peru sobe para 72

  • Por Estadão Conteúdo
  • 19/03/2017 09h32
EFE/Ernesto AriasEFE/Ernesto AriasPessoas arrastadas por inundações dos rios Rímac e Huaycoloro são resgatadas em Lima na última sexta
-FOTODELDIA- LIM10- LIMA (PERÚ), 17/03/2017.- Personal de la policía nacional del Perú rescata hoy, viernes 17 de marzo del 2017, a personas atrapadas por las inundaciones producidas por el desborde de los ríos Rímac y Huaycoloro en el sector denominado Carapongo al este de la ciudad de Lima (Perú). La región Lima ha registrado dos fallecidos y 2.739 damnificados por las inundaciones, y además tiene 9.550 personas afectadas por la emergencia climática, según el último reporte del Centro de Operaciones de Emergencia Nacional (COEN). EFE/Ernesto Arias

O número de mortos na costa norte do Peru neste ano subiu para 72 em meio às piores chuvas, transbordamento de rios e deslizamentos de terras vistos no país nos últimos 20 anos, disse o primeiro-ministro do país, Fernando Zavala.

As chuvas, altamente incomuns, seguem uma série de tempestades que atingiram duramente a costa norte do Peru, com a água inundando hospitais e deixando algumas pequenas aldeias isoladas As tempestades estão sendo causadas por águas superficiais no Oceano Pacífico e espera-se que continuem por pelo menos mais duas semanas.

De acordo com o governo peruano, 374 pessoas foram mortas em 1998 durante um período de grandes chuvas e inundações causadas pelas chuvas causadas pelo fenômeno El Niño.

As chuvas sobrepujaram o sistema de drenagem nas cidades ao longo do Pacífico, levando o Ministério da Saúde a iniciar a fumigação em torno das poças de água que se formam nas ruas para matar mosquitos que carregam Doenças como a dengue.

A capital do país, Lima, está sem água potável desde o início da semana. O governo dobrou o contingente de ajuda nas 811 cidades que declararam estado de emergência. Os presidentes do Chile, Bolívia e Venezuela se ofereceram para enviar ajuda ao Peru. Fonte: Associated Press.