0:00
0:00

Trump diz que democratas inventaram acusações de interferência da Rússia

  • Por Estadão Conteúdo
  • 20/03/2017 09h49
EFE/Stephen B. MortonEFE/Stephen B. MortonDonald Trump EFE
SBM10 NORTH CHARLESTON (ESTADOS UNIDOS), 17/02/2017.- El presidente de EE.UU., Donald J. Trump, pronuncia su discurso durante la presentación del avión 787-10 del fabricante Boeing en su planta de North Charleston, Estados Unidos, hoy 17 de febrero de 2017. El avión se lanzará al mercado el 2018. EFE/Stephen B. Morton

O presidente dos EUA, Donald Trump, acusou nesta segunda-feira os democratas de inventar acusações e criar notícias falsas sobre o envolvimento da Rússia nas eleições presidenciais no ano passado

Em sua conta no Twitter, Trump escreveu: “Os democratas inventaram e empurraram a história russa como uma desculpa para executar uma campanha terrível. Grande vantagem no colégio eleitoral & perdida!”.

Os tweets foram escritos horas antes de uma audiência do Congresso sobre a Rússia. O Comitê de Inteligência ouvirá do diretor do FBI, James Comey, que acredita que a Rússia tentou reforçar as chances de Trump nas eleições e busca informação sobre se havia alguma conexão entre os assessores de campanha de Trump e Moscou.

Em um tweet separado, Trump referenciou o ex-chefe de inteligência dos Estados Unidos na época do governo de Barack Obama, James Clapper, que disse recentemente que a acusação de que Obama teria grampeado a Trump Tower era falsa e que não existia provas da participação da Rússia na eleição presidencial

“James Clapper e outros afirmaram que não há provas de que o presidente tenha colaborado com a Rússia. Esta notícia é falsa e todos sabem disso”, escreveu Trump em seu Twitter. 

Trump terminou dizendo que “a verdadeira história que o Congresso, o FBI e todos os outros devem investigar é o vazamento de informações confidenciais. Devem encontrar o responsável agora!”.