O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, escreveu em seu Twitter nesta sexta-feira que o México irá pagar de volta o país pela construção de um muro na fronteira, após relatos de que Trump poderia pedir dinheiro ao Congresso para a construção. 

"A mídia desonesta não diz que qualquer dinheiro gasto para construir o muro (por questões de agilidade) será pago de volta pelo México mais tarde!", escreveu o presidente eleito. 

Nesta sexta-feira (6) mais cedo, a Associated Press e a CNN haviam reportado que a equipe de transição de Trump teria conversado com líderes republicanos no Congresso sobre o financiamento do muro através de um processo de apropriações, usando a autoridade de uma lei de 2006 sobre construção de cercas ao longo da fronteira dos EUA. A ação evitaria a necessidade de aprovar uma nova lei sobre o cerceamento das fronteiras, uma medida que deve sofrer grande oposição de muitos políticos.