Trump mostra disposição em falar com Coreia do Norte “em momento apropriado”

  • Por Agência EFE
  • 11/01/2018 08h18

PETER FOLEY/EFE

No último sábado, Trump já tinha se mostrado aberto a dialogar com a Coreia do Norte

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, mostrou-se disposto nesta quarta-feira (10) a dialogar com a Coreia do Norte, em uma conversa com o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in.

“O presidente Trump expressou sua disposição para que haja conversas entre EUA e Coreia do Norte no momento apropriado, sob as circunstâncias adequadas”, afirmou a Casa Branca em um comunicado.

Além disso, os dois governantes ressaltaram “a importância de manter a campanha de máxima pressão contra a Coreia do Norte”.

Ainda segundo o comunicado, “o presidente Moon informou a Trump sobre o resultado das discussões entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul do dia 9 de janeiro e agradeceu ao governante americano por sua influente liderança para tornar estas conversas possíveis”.

“(Moon) Estava muito agradecido pelo que fizemos”, disse Trump aos jornalistas no começo de uma reunião com ministros de seu governo.

“Vamos ver para onde tudo isso irá. Sem a nossa atitude, nunca teria ocorrido. Esperamos que leve a um sucesso para todo o mundo, não só para o nosso país”, acrescentou.

No último sábado, Trump já tinha se mostrado aberto a dialogar com a Coreia do Norte quando disse aos jornalistas que não tem “nenhum problema” em falar com Kim Jong-un.

Ontem, representantes das duas Coreias realizaram uma reunião na fronteira militarizada, na qual fizeram um acordo para garantir “a segurança e o sucesso” dos Jogos Olímpicos de Inverno, que acontecerão em PyeongChang, na Coreia do Sul.

A recém-anunciada intenção norte-coreana de participar do megaevento esportivo é um gesto importante para apaziguar os ânimos após um 2017 marcado por testes de mísseis norte-coreanos e o tom beligerante com o qual o regime de Pyongyang respondeu a Trump.