A apresentadora Ana Maria Braga afirmou que a correria do dia a dia e os objetivos diários de cada cidadão acaba sendo um empecilho para discutir o atual quadro político e econômico do Brasil. “Tolhe um pouco essas oportunidades que a gente tem, e que a gente não deve se furtar delas, de encontrar e escutar pessoas que têm o que dizer”, avaliou.

Para ela, estamos em um momento delicado em que é necessário ter atenção para que as futuras gerações não sofram com as escolhas atuais. “Eu acho que o Brasil que a gente quer, o mundo que a gente quer é olhar para frente e saber que as futuras gerações não vão ficar pagando o custo eventualmente inexorável do que as nossas gerações todas vão entregar”, ponderou.