Viviane Senna é psicóloga e presidente do Instituto Ayrton Senna, que leva o nome de seu irmão, o piloto tricampeão mundial. Vivianne é mãe do piloto Bruno Senna e comanda o Instituto desde sua fundação em 1994, com sede em SP.

Para ela, "o Brasil que queremos" deve ter seu início nas escolas, para assim podermos ser diferentes no futuro. "Se a gente quiser ter um país diferente daqui vinte, 30 anos é bom a gente começar hoje com a sala de aula, melhorando o que ela oferece".

"Nas escolas que se formam o capital humano que vai dirigir o país, fazer o país trabalhar, escolher caminhos, avançar ou retroceder. Então, se a gente quiser ter um país diferente daqui vinte, 30 anos é bom a gente começar hoje com a sala de aula, melhorando o que ela oferece, para a gente possa ter algo diferente do que a gente tem neste momento. Não é o único elemento que determina um futuro de um país, mas sem ele, os outros todos ficam comprometidos", explica.