0:00
0:00

Lula exige pedido de desculpas e diz que acusação contra Temer precisa de “provas”

  • Por Jovem Pan
  • 30/06/2017 12h52
Romerio Cunha/Vice-presidência da República - 12/08/2015Lula defendeu o presidente Michel Temer e exigiu "provas concretas" em denúncia contra o peemedebista

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a criticar a Lava Jato e quer pedido de “desculpas”.

“O processo contra mim, parece que está visível que é a tentativa de me tornar inelegível para as eleições de 2018. Estou brigando, fazendo o meu papel. Eu já provei a minha inocência. Estou esperando agora que eles provem a minha culpa”, afirmou.

“Milhares páginas de jornais, artigos, todo o santo dia, na imprensa escrita, nos rádios. Como as pessoas vão pedir desculpas à sociedade brasileira. Eu sinceramente aguardo esse momento. Alguém vai ter que me pedir desculpa em algum momento. Por isso eu estou tranquilo”, garantiu Lula. “Que a operação Lava Jato continue fazendo o seu trabalho. Só tem que respeitar o Estado de direito”

Temer

O ex-presidente também defendeu o mandatário atual e disse que o procurador-geral Rodrigo Janot precisa apresentar “provas” sobre a denúncia de corrupção passiva impetrada contra Michel Temer.

“Se o procurador-geral da República tem uma denúncia contra o presidente da República, ele primeiro precisa provar. Tem que ter provas materiais. Falo isso porque já cansei de ser achincalhado sem ninguém apresentar nenhuma prova. E eu sou achincalhado desde 1982 quando criei o PT”, comparou-se. “Quando alguém tem que fazer uma acusação,  a pessoa tem que mostrar provas materiais para a sociedade. Não adianta dizer que a pessoa cometeu um erro”.

Lula cobra provas no momento em que o juiz Sergio Moro analisa a sentença do caso do apartamento do Guarujá, que pode se tornar a sua primeira condenação. O ex-presidente concedeu entrevista à rádio Difusora do Acre.

Com o repórter Jovem Pan Marcelo Mattos: