Antes de prisão, Lula diz: “não sou humano. Eu sou uma ideia”

  • Por Jovem Pan
  • 07/04/2018 13h28
WERTHER SANTANA/ESTADÃO CONTEÚDOO ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (e) e a presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), senadora Gleisi Hoffmann, em frente ao prédio do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP), na manhã deste sábado, 7. Em seu discurso, Lula afirmou que vai se entregar à Polícia Federal.

Em discurso antes de se entregar à Polícia Federal, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), condenado a 12 anos de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá, defendeu seu legado e se colocou acima da materialidade física.

“Eu não pararei porque eu não sou mais um ser humano. Eu sou uma ideia”, afirmou o ex-presidente. “Uma ideia misturada com a ideia de vocês. A morte de um combatente não para a revolução”, continuou.

Lula também disse a seus apoiadores: “todos vocês aqui para frente vão virar Lula”.

“Não adianta tentar evitar que eu ande por esse País, porque tem milhões de Lulas, Boulos, Dilmas Rousseffs para andar por esse País”, discursou o ex-presidente, apresentando pré-candidatos aliados na disputa ao Palácio do Planalto.

“Quando eu parar de sonhar, eu sonharei pela cabeça de vocês”, continuou Lula, fazendo de sua figura e do “povo” uma coisa só. “Não adianta achar que tudo vai parar o dia em que o Lula terá infarte. Porque o meu coração baterá pelo coração de vocês”, discursou.

Lula fez o que chamou de “transferência de responsabilidade” a seus sucessores políticos.

Lula também disse que é um “construtor de sonhos” e parafraseou o famoso discurso do líder norte-americano que lutou contra o racismo, o pastor batista Martin Luther King, (“I have a dream”). Lula disse uma sequência de frases começando com “eu sonhei” e citou um País em que os pobres têm oportunidades, como “eu sonhei colocar os estudantes da periferia nas universidades”.

“Os poderosos podem matar uma, duas ou 100 rosas, mas jamais conseguirão deter a chegada da primavera”, discursou ainda o ex-presidente.

O ex-presidente estimulou os militantes a “queimar pneus” e fazer ocupações.

Lula também disse que sairá dessa (prisão) “maior”.

Veja o discurso completo do ex-presidente: