0:00
0:00

São Paulo terá mais 60 quilômetros de ciclovias até o fim do mês

  • Por Jovem Pan
  • 05/09/2014 12h52
Kelsen Fernandes / Fotos PúblicasKelsen Fernandes / Fotos PúblicasCiclista na Avenida Paulista

Mesmo com críticas de comerciantes que relatam falta de diálogo com a Prefeitura, São Paulo terá mais 60 quilômetros de ciclovias até o fim do mês.

A CET deve anunciar nesta sexta-feira os novos trechos que serão criados, totalizando quase 100 quilômetros de faixas para bicicletas na atual gestão.

A meta é implantar 400 quilômetros até o final de 2015, mas a proposta segue gerando polêmica devido à maneira como está sendo instalada.

Coordenador do Conselho de Política Urbana da Associação Comercial de São Paulo, Antônio Carlos Pela, diz que falta aviso prévio sobre as ciclovias.

Diretor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Mackenzie aponta a ausência de um processo participativo para a construção das ciclovias.

Válter Caldana entende que a forma como a Prefeitura implanta ciclovias e faixas de ônibus demonstra falta de preocupação com a cidade como um todo.

(Ouça detalhes no áudio acima)

Diretor de planejamento da CET nega ausência de debate sobre o tema e diz que as ciclovias são discutidas no Conselho de Trânsito e Transporte.

Tadeu Leite Duarte afirma ao repórter Anderson Costa que os ajustes precisam ser feitos com o programa em andamento.

Segundo a CET, o uso de bicicletas na Avenida Faria Lima subiu 37 por cento entre abril e agosto, após a construção de bicicletário no Largo da Batata.

O local se tornou alternativa a um problema enfrentado por quem decide usar as bikes em São Paulo: a falta de lugar para estacioná-las.