0:00
0:00

Saúde incorpora ao SUS comprimidos de 200mg do antirretroviral Etravirina

  • Por Agencia Brasil
  • 14/03/2017 10h11 - Atualizado em 22/06/2017 12h02
Carlos Severo/Fotos PúblicasCarlos Severo/Fotos PúblicasRemédio - Fotos Públicas
São Paulo 22 07 2014 com 12 % mais baratos remédios chegam as prateleiras das farmacias e drogarias com a insenção de Impostos/ Foptos Carlos Severo Fotos Publicas

Portaria do Ministério da Saúde publicada hoje (14) no Diário Oficial da União torna pública a decisão de incorporar comprimidos de 200mg do antirretroviral Etravirina para o tratamento da infecção pelo HIV no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

Em reunião no dia 2 de fevereiro, a Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec) deliberou, por unanimidade, recomendar a incorporação do medicamento de 200 mg (Etravirina) para esse tipo de tratamento.

De acordo com o órgão, atualmente, encontra-se disponível na Relação Nacional de Medicamentos Essenciais apenas a apresentação de 100mg do antirretroviral para uma tomada diária de dois comprimidos.

“A apresentação Etravirina 200 mg reduzirá o número de comprimidos ingeridos diariamente, em combinação com outros antirretrovirais que compõem seu regime terapêutico. A comodidade posológica contribui para adesão ao tratamento”, destacou a Conitec.

Dados da comissão indicam que, em junho de 2016, cerca de 2.200 pacientes utilizavam a Etravirina em seu esquema terapêutico.