0:00
0:00

Segurança pública deve ser vista de forma ampla, declara ex-capitão do BOPE

  • Por Jovem Pan
  • 16/07/2015 19h52
Divulgação/Site OficialDivulgação/Site OficialPaulo Storani

Paulo Storani é antropólogo e ex-capitão do BOPE. Foi consultor dos filmes Tropa de Elite 1 e Tropa de Elite 2 e um dos oficiais que serviram de inspiração para o personagem capitão Nascimento.

Para ele, “o Brasil que queremos” deve ser mais seguro e a segurança pública deve ser vista de uma forma mais ampla, onde o Governo Federal tem “responsabilidade fundamental na proteção das nossas fronteiras”. A ação impediria ou reduziria, segundo ele, a entrada de drogas e armas que abastecem os traficantes no país.

“Que os Estados revejam suas políticas públicas relacionadas às drogas e aos menores. Um grande problema que estamos experimentando hoje a ponto de querermos mudar a legislação para diminuir a maioridade penal, por conta de um anseio legítimo, mas que eu acredito que não vai mudar o cenário que nós temos hoje. Que os municípios participem mais entrando com ações sociais, principalmente nas comunidades mais carentes e com foco nos jovens”, declara.