0:00
0:00

Mendes “confessa” que mentiu quando justificou soltura de José Dirceu

  • Por Jovem Pan
  • 27/10/2017 09h23

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Nesta quinta-feira, durante tiroteio verbal com Luis Roberto Barroso, Mendes tentou acusou Barroso de ter libertado Dirceu no julgamento do mensalão em 2012

Em 02 de maio, por 3 votos a 2, a Segunda Turma do STF livrou da prisão provisória José Dirceu, preso desde 2015. Nesta sessão, os ministros Edson Fachin e Celso de Mello votaram pela manutenção da prisão. De novo, o voto de minerva coube a Gilmar Mendes e ele aprovou habeas corpus ao petista. Nesta quinta-feira, durante tiroteio verbal com Luis Roberto Barroso, Mendes tentou acusou Barroso de ter libertado Dirceu no julgamento do mensalão em 2012.

Confira o comentário completo de Augusto Nunes: