0:00
0:00

Assista ao vivo

País seria muito melhor com mais gente provida das virtudes que sobram em William Waack

  • Por Jovem Pan
  • 09/11/2017 08h46

Reprodução/ TV Globo

Não é surpreendente que por um punhado de frases sem importância ele vire alvo de seitas especialmente repulsivas

Conheço William Waack há quase 50 anos e me orgulho da inabalável amizade que mantenho com um homem exemplarmente integro, parceiro leal, profissional que deveria servir de modelo, inspiração e referência. Repórter visceral, ele tornou-se o melhor correspondente de guerra do País. Ele é um dos poucos profissionais de televisão que mantiveram a independência jornalística, a autonomia individual, o respeito à ética, o amor à verdade. Ele sempre contou caso como o caso foi. Agir assim em países primitivos é perigoso. Não é surpreendente que por um punhado de frases sem importância ele vire alvo de seitas especialmente repulsivas.

Confira o comentário completo de Augusto Nunes: