0:00
0:00

A frouxidão e a burrice do PSDB

  • Por Jovem Pan
  • 11/07/2017 10h56
Valter Campanato/Agência BrasillValter Campanato/Agência BrasillSenador Aécio Neves e presidente Michel Temer, investigados após a delação da JBS

Carlos Andreazza comenta a situação bizarra do PSDB, há semanas, meses, nesse sai-não-sai do governo. Partido de frouxos. O partido teve, sim, alguma chance de desembarcar do governo e ainda sobreviver. Elas acabaram.

Se pular fora agora e o presidente permanecer até o final, isso terá ocorrido apesar da traição dos tucanos. E sabemos o lugar de deslealdade em política. Não é bom.

Sabemos também que o PSDB terá abandonado o barco sem ter ferramentas para convencer como oposição. Este lugar é do PT.

Se o presidente cair, contudo, terá sido graças ao empurrão final dos tucanos. E sabemos o lugar da traição na política. Não é bom.

Sabemos também que o PSDB terá derrubado Temer sem ter quaisquer meios de capitalizar eleitoralmente a queda. Esse capital será petista. Em política não se perdoa burrice.