Melhor será uma reforminha na mão do que uma quase reforma inteira voando

  • Por Jovem Pan
  • 05/02/2018 10h45
Luis Macedo/Câmara dos DeputadosO Governo federal parece mesmo disposto a fazer com que a Câmara vote a reforma neste fevereiro. Dada a falta de adesão atual, isso significa reformular a proposta para convencer a turma

O Governo federal parece mesmo disposto a fazer com que a Câmara vote a reforma neste fevereiro. Dada a falta de adesão atual, isso significa reformular a proposta para convencer a turma. Mas também por motivos de sobrevivência política talvez seja melhor entregar reforma capenga do que entrar no período de eleições como incapaz. Talvez eles concordem que melhor será uma reforminha na mão do que uma quase reforma inteira voando.

Confira o comentário completo de Carlos Andreazza: