0:00
0:00

O recado irresponsável e autoritário das tias enlouquecidas

  • Por Jovem Pan
  • 12/07/2017 13h10
Jonas Pereira/Agência SenadoJonas Pereira/Agência SenadoSenadoras da oposição ocupam a Mesa do Senado Federal para impedir votação da reforma trabalhista. Participam: Fátima Bezerra (PT-RN); Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM); Lindbergh Farias (PT-RJ) e Gleisi Hoffmann (PT-PR)

Hoje falarei sobre o trem-fantasma em que as histéricas do Congresso transformaram o Senado ontem, sobretudo quando apagaram as luzes. Aquilo é terror puro. E não estou brincando. Há sérias consequências quando senadores da República fecham, eles próprios, o Senado. O que significa diminuir, desde dentro, o próprio Legislativo. É destruição institucional. Que recado autoritário aquelas tias loucas passam a uma sociedade conflagrada?

O ouvinte se lembra que o Congresso foi invadido por militantes algumas vezes neste ano. Então, pergunto de novo: que recado irresponsável, autoritário, aquelas tias enlouquecidas passam a esses militantes que já antes não se constrangiam em invadir o plenário de um poder da República?

Olha, o Brasil está muito doente. E são os petistas, sobretudo Lula, os que se beneficiam dessa doença. Não terá sido por falta de aviso.