PT pede inelegibilidade de Huck, e ignora que faz campanha por Lula há meses

  • Por Jovem Pan
  • 02/02/2018 08h58
EFE/Sebastião MoreiraAgora veja, por outro lado, se algum adversário se lançou à justiça eleitoral contra a campanha de Lula, promovida há meses. Não, né?

Um exemplo para quem queira compreender a diferença entre profissionais e amadores na atividade política. Vamos lá. O ministro Napoleão Maia, do STJ, intimou Luciano Huck e Fausto Silva e as Organizações Globo a prestar esclarecimentos sobre programa veiculado no começo de janeiro, em que, segundo a representação, Huck foi promovido como pré-candidato à Presidência. Não vai dar em nada, porque nada de mais houve, isso não importa. Jamais a verdade, jamais os fatos, assim, dessa maneira procedem os petistas, profissionais frios na arte da politização dos recursos judiciais e na ciência de capitalizar cada brecha. Agora veja, por outro lado, se algum adversário se lançou à justiça eleitoral contra a campanha de Lula, promovida há meses. Não, né?

Confira o comentário completo de Carlos Andreazza: