Reforma da Previdência não é pauta do Governo Temer, mas assunto do Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 14/12/2017 10h01
EFE/Joédson AlvesEFE/Joédson AlvesNão fosse a barbárie de Rodrigo Janot com a delação da JBS, o Brasil já teria estancado a sangria do sistema previdenciário

A reforma da Previdência foi adiada para fevereiro de 2018. É o que se diz. De certo porque não se chegou perto da margem confiável para aprová-la neste ano. Não fosse a barbárie de Rodrigo Janot com a delação da JBS, o Brasil já teria estancado a sangria do sistema previdenciário. Ficou para o ano que vem, ano eleitoral. Será?

Confira o comentário completo de Carlos Andreazza: