Michel Temer diz que confiança dos investidores será abalada se não houver uma reforma da Previdência.

Durante jantar em São Paulo, o presidente afirmou que é preciso combater privilégios, para que todos tenham o mesmo padrão de aposentadoria.

“A situação é complicada, porque o desequilíbrio fiscal afeta a confiança. Governo tem que fazer estruturação mais ampla. Se o Governo não consegue aprovação da reforma da Previdência, ele cria situação ainda mais grave”, diz Denise Campos de Toledo.

Confira o comentário completo: