Só há democracia se houver memória da cara-de-pau

  • Por Jovem Pan
  • 04/08/2017 11h36
Reprodução/FacebookIvan Valente defendeu Lula e Dilma

“Só há democracia se houver memória e responsabilidade política dos parlamentares”. Foi o que escreveu o procurador da Lava Jato Carlos Fernando Lima no Facebook ao pedir ajuda dos apoiadores da operação para separar por Estado os nomes dos deputados que votaram a favor e contra Michel Temer no caso da denúncia por corrupção passiva. “Não vote em quem não apoia a luta contra corrupção”, disse ele, referindo-se àqueles que, votando pelo arquivamento, impediram o STF de julgar o presidente.

O objetivo do procurador, obviamente, é que esses deputados não sejam eleitos em 2018. Seja por verbas de emendas, ou temor de serem os próximos a cair na Lava Jato, eles apostaram na velha máxima de que o brasileiro não tem memória, ou tem memória curta. E cabe agora à parcela mais engajada da população organizar e manter viva a memória nacional se quiser que o eleitorado tenha a sua revanche. Só assim, os vitoriosos de anteontem serão os derrotados do ano que vem.

Isso não significa, obviamente, que todos aqueles que votaram contra Temer sejam combatentes da corrupção, independentemente de partido ou ideologia. Para além de ideologia, tomemos por exemplo o caso de Ivan Valente (PSOL-SP).

Na votação do impeachment de Dilma Rousseff por crime de responsabilidade pelas fraudes fiscais, Valente, liderando a atuação de seu partido como linha auxiliar do PT, gritou no plenário: “pela democracia, contra o golpe, PSOL, não!”

No dia em que o juiz Sergio Moro condenou Lula a nove anos e meio de cadeia por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá, Valente publicou vídeo no qual diz que “nesse caso faltam provas materiais robustas para qualquer condenação”, além de descredenciar Moro por sua suposta “visão política”.

Na quarta-feira, porém, o mesmo Valente que defendeu Dilma e Lula sentenciou: “aqueles que votarem por manter Temer são coniventes com a corrupção”.

Aí não dá. Só há democracia se houver memória da cara-de-pau dessa gente também.

PEÇO AJUDA PARA AQUELES QUE ACREDITAM NA LAVA JATO. A relação dos votos de ontem está no link abaixo. Peço que me ajudem…

Publicado por Carlos Fernando dos Santos Lima em Quinta-feira, 3 de agosto de 2017