0:00
0:00

Assista ao vivo

CPMI da JBS colocaria o pescoço de muita gente, que anda quietinha, na guilhotina

  • Por Jovem Pan
  • 02/08/2017 10h18
Joédson Alves/EFEA quem interessa deixar a CPMI na gaveta? Ao poste da Dilma, ao condenado do Lula, ao chamuscado Michel Temer? Claro que não

Michel Temer articula até os últimos segundos para enterrar a denúncia contra ele na Câmara dos Deputados. O Governo quer resolver tudo nesta quarta-feira (02).

Vamos um pouco além, a denúncia é baseada na delação premiada da turma da JBS, comandada pelo açougueiro que ficou bilionário às custas do dinheiro do BNDES, subsidiado por você. Um presentão de Lula para Joesley.

Michel Temer, por ora vai escapar, mas fico me perguntando: depois de todo esse furacão envolvendo a JBS, depois que Joesley confessou ser o criminoso do século, depois que ficou provado que a fortuna do gatuno foi feita com dinheiro público e lobby da política, cadê a CPMI da JBS?

A hora não é de colocar tudo em pratos limpos? Pois bem, há dois meses a tal comissão foi criada e senadores do PMDB e PT sentaram em cima dos trabalhos. Por quê? Por que não querem mais desgastes? A justificativa é outra.

A JBS que subornou milhares de políticos, que pagou mais de R$ 1 bilhão em propina desde 2006 e mesmo assim a CPMI vai ficar enterrada? Ninguém quer saber como e por qual motivo eles fizeram essas maracutaias?

O fato é que a CPMI da JBS pode colocar o pescoço de muita gente grande, que anda quietinha, na guilhotina. A comissão é a única possibilidade de investigar o acordo de delação da JBS com a PGR. Só a CPMI pode chamar Janot e ministro Fachin para dar explicações sobre o acordão com a JBS. A comissão pode chegar nas entranhas do processo.

A quem interessa deixar a CPMI na gaveta? Ao poste da Dilma, ao condenado do Lula, ao chamuscado Michel Temer? Claro que não.

Assista ao comentário completo de Joice Hasselmann: