Aconteceu nesta quinta-feita em SP um fato realmente inusitado.

A festa de Corpus Christi é católica, instituida pelo Papa Urbano IV, em meados da década de 1260. Ou seja, é uma festa de quase 800 anos que comemora um dos maiores mistérios da igreja católica, que é a chamada eucaristia.

Só que nessa festa, nessa semana, apareceu um número de quase dois milhões de evangélicos, todos em nome de Cristo.

Parece que há um retorno a uma religiosidade que estava sumida, em um país que está estarrecido com o espetáculo da corrupção que invadiu o poder.

Confira o comentáiro completo: