0:00
0:00

Filme “A Promessa” lembra o terrível genocídio armênio

  • Por Jovem Pan
  • 12/05/2017 13h13
DivulgaçãoDivulgaçãoChristian Bale é o protagonista do filme "A Promessa"

Joseval Peixoto faz um convite em nome da União Geral Armênia de Beneficência. No último dia 24 de abril foi lembrado o Dia do Genocídio Armênio.

E “A Promessa” é um filme que está desde esta semana no cinema retrata um triângulo amoroso que focaliza especificamente o famoso genocídio armênio, que dizimou 1,5 milhão de pessoas dessa nacionalidade.

O genocídio foi perpetrado pelo Império Turco-Otomano a partir de 1915, dentro da I Guerra Mundial. É um crime contra a humanidade que permanece impune e é negado por muitos países, inclusive o Brasil, mas reconhecido por Alemanha e França.

Os armênios disputam até hoje na ONU o reconhecimento deste fato. Parte de seu território foi inclusive tomado pelo. A Arménia só existe como nação, parece, porque esteve sob o agasalho da terrível União Soviética, que teve sob seu domínio mais de 100 nacionalidades.

É uma oportunidade para o brasileiro conhecer esse terrível genocídio armênio.