0:00
0:00

A magia está voltando ao coração da França

  • Por Jovem Pan
  • 04/08/2017 12h00
EFE/CHRISTOPHE PETIT TESSONNeymar posa com a nova camisa do Paris Saint-Germain em sua apresentação no estádio Parque dos Príncipes, em Paris, França

A França sempre foi apaixonada pelo Brasil e pelos jogadores brasileiros.

Começou com Leônidas na copa de 1938. No jogo de 6 x 5 contra a Polônia, o brasileiro fez três gols e passou a ser chamado de “Pérola Negra”, ou “Diamante Negro”.

Neymar é o 32º jogador do Brasil no Paris Saint-Germain.

Pelé foi o único atleta que desfilou em carro aberto na Champs Élysées após a Copa do Mundo.

Paris parou. E para hoje para Neymar. E a França precisava disso

Já abatida na II Guerra, salva pelas forças aliadas, economicamente não está bem, é vítima de terrorismo constante.

Se não tiver nenhum acidente de percurso, sem dúvida Neymar será considerado em dois ou três anos o maior atleta do mundo

Não sei se o divino está presente, a não ser no coração de Neymar, mas a magia está voltando ao coração da França.

  • Tags: