Moro é admirável, mas vacilou ao divulgar conversa entre Lula e Dilma

  • Por Jovem Pan
  • 27/03/2018 10h57
Lula Marques/AGPTSe juiz declara a quebra do sigilo, é preciso ter toda a cautela, porque não é só a fala do criminoso que vai ser ouvida por todos, também as pessoas que ligarem e o que disserem serão objeto de recepção

Sempre tenho dito que a liberdade é um paradoxo, porque presume uma escravidão. A lei é o império da própria liberdade. Tenho grande admiração pelo juiz Sergio Moro. Ele será o homem da mudança da estrutura da corrupção. Ele e Joaquim Barbosa colocaram pessoas na cadeia. Mas Moro vacilou em algumas declarações sobre prisão preventiva, principalmente no momento em que divulgou a conversa entre Dilma e Lula. Porque isso é ponto fundamental nas liberdades. Se juiz declara a quebra do sigilo, é preciso ter toda a cautela, porque não é só a fala do criminoso que vai ser ouvida por todos, também as pessoas que ligarem e o que disserem serão objeto de recepção por parte daqueles que atuam na quebra do sigilo. Por isso a lei tem toda a cautela com a quebra do sigilo telefônico.

Confira o comentário completo de Joseval Peixoto: