Os contratos entre o poder público e empreiteiras são alvos, no Brasil, de inúmeras investigações de corrupção. Nos Estados Unidos e na Europa, pouco se ouve falar de escândalos de licitações.

O comentarista Joseval Peixoto destaca uma medida adotada nos dois lugares que resolve o problema da corrupção e que foi citada pelo jurista Modesto Carvalhosa. Seria um seguro nos contratos.

Esse seguro impede a interlocução entre poder público, empreiteira e fornecedores. É a seguradora quem fiscaliza e conclui a obra.

“É uma forma que realço para que possamos estabelecer a legislação que estrutura as licitações no País. E é preciso rever essa legislação”, acredita Joseval.