Surge o novo na política?

  • Por Jovem Pan
  • 22/03/2017 10h55
ISL730 PARIS (FRANCIA) 22/3/2017 El jefe del Movimiento 'En Marche' (Adelante!) y candidato a la presidencia de Francia, Emmanuel Macron, interviene en un encuentro con el resto de candidatos en la Asociación de Alcaldes de Francia hoy, 22 de marzo de 2017. Las elecciones en Francia se celebrarán los próximos 23 de abril y 7 de mayo. EFE/IAN LANGSDONEFE/IAN LANGSDONEmmanuel Marcon - EFE

Cada vez mais a gente chega à conclusão e esperança de que o novo também está chegando à política brasileira.

Os velhos, quase todos, estão indo para a cadeia, e São Paulo já deu a resposta quanto ao novo.

Donald Trump espantou o mundo com a vitória nos EUA. Há um outro novo na França: Emmanuel Macron. Ao se apresentar como candidato, foi visto como pretensioso. Jovem, 39 anos, nunca foi nem deputado na vida, nem político, era banqueiro.

Em debate na segunda, em meio aos velhos políticos, Macron deu um show e foi apontado como o grande debatedor pelos índices de audiência.

Parece que o novo está surgindo na França.

A esperança é que no Brasil o novo apareça. Porque os velhos parece que estão cansando a sociedade brasileira.

A grande frase de Guimarães Rosa, em Grande Sertão Veredas diz: “Minha Senhora Dona: um menino nasceu – o mundo tornou a começar!”