0:00
0:00

Assista ao vivo

União Europeia questiona carne brasileira

  • Por Jovem Pan
  • 14/06/2017 10h47 - Atualizado em 29/06/2017 00h20
BRA100. LAPA (BRASIL), 21/03/2017 - El Ministerio de Agricultura de Brasil, Blairo Maggi, realiza una inspección técnica al grupo cárnico JBS Seara en la ciudad de Lapa, estado de Paraná, Brasil, hoy martes 21 de marzo de 2017. Según la policía, varias de las principales cárnicas del país, entre ellas JBS y BRF, con la complicidad de fiscales sanitarios corruptos, "maquillaron" con productos químicos carnes que estaban en mal estado y no cumplían con los requisitos para la exportación.EFE/Joédson AlvesEFE/Joédson AlvesMinistro da Agricultura Blairo Maggi vistoria produção de carne em fábrica da JBS Seara em Lapa

Tanto Estadão quanto Folha destacam o questionamento da carne brasileira na Europa.

O ministro Blairo Maggi está viajando à China. Diz a matéria da Folha de S. Paulo:

O documento da União Europeia é duro e destoa do tom diplomático.

A denúncia afirma que o bloco duvida do controle sanitário brasileiro, até pelos recentes escândalos revelados pela Operação Carne Fraca.

Foi realizada uma auditoria nos frigoríficos brasileiros, mas eles encontraram deficiências críticas.

A União Europeia é o segundo maior comprador de frango do Brasil e o terceiro em carnes bovinas.

Desde março, o bloco europeu reforçou o controle e já barrou cerca de 90 carregamentos.

A União Europeia quer a implementação da um novo sistema de controle.

O pecuarista brasileiro luta contra infecções na manada e é muito cuidadoso.

É uma matéria muito importante para a agropecuária mundial e brasileira.