O Carnaval no Brasil começou mesmo em 1500, brinca o comentarista Marcelo Madureira. Segundo ele, quando os portugueses chegaram ao País, já viram a população local batendo tambor e pintados de índio. “Só restou a eles rezar uma missa e depois cair na folia”, diz.

Com tom de ironia, vale ressaltar, Madureira destaca que anos se passaram e o povo continuou vivendo carnavalizado em diversos setores da vida – exceto na Cultura, porque está, com verbas, é coisa séria.

Ele ainda ressalta aqueles que proibiram a veiculação de tradicionais marchinhas nos carnavais de rua. “As músicas foram banidas porque não estão de acordo com o decoro e as normas civilizatórias vigente no Brasil. Enfim, o Brasil civiliza-se”, diz. “Estou sendo irônico, hein?”, alerta.

Confira o comentário completo: