0:00
0:00

Apenas uma categoria não entra em greve no País: a bandidagem

  • Por Jovem Pan
  • 08/02/2017 10h31
Vitória (ES) - Clima de tensão durante protesto de moradores em frente ao Comando Geral da Polícia Militar do Espírito Santo em Maruípe. Militares do Exército fazem a segurança da região (Tânia Rêgo/Agência Brasil)Tânia Rêgo/Agência BrasilProtesto de moradores em frente ao quartel-geral de Vitória - AGBR

No Brasil está ruim para todo mundo. Ninguém escapa da crise, nem a Santíssima Trindade. “O pai está envolvido na Lava Jato, o filho está desempregado e o Espírito Santo passa o maior sufoco”, afirma Marcelo Madureira.

No Estado, a violência é tão grande que até a Polícia Militar está com medo de sair nas ruas. Se existe uma categoria que não entra em greve no País é a bandidagem.

Empreendedores adeptos da livre iniciativa, os assaltantes movimentam o comércio capixaba depois que os policiais entraram em greve. Usando cartões de crédito de todos os calibres e de uso exclusivo das Forças Armadas, a bandidagem vai saqueando tudo o que vê pela frente.

No Brasil, só mesmo o caos funciona direito. “Os bandidos exercem seus saques em horário comercial”, ironiza Marcelo Madureira.

Confira: