0:00
0:00

Assista ao vivo

Lula morreu e PT não existe mais como alternativa política

  • Por Jovem Pan
  • 07/09/2017 07h43
EFE/Joedson AlvesEm depoimento ao juiz Sérgio Moro, o ex-ministro também declarou que tramou com o ex-presidente para tentar barrar a Lava Jato

Antonio Palocci afirma que Lula tinha “pacto de sangue” com a Odebrecht por propinas que envolviam terreno, sítio e R$ 300 milhões.

Em depoimento ao juiz Sérgio Moro, o ex-ministro também declarou que tramou com o ex-presidente para tentar barrar a Lava Jato.

“A tranquilidade com que o Palocci fala de tantos e tantos crimes… a gente falava que Lula era quadrilheiro, corrupto. Não era exagero. O depoimento foi devastador, os dados apresentados. Esse pacto de sangue é entre dois criminosos: Emilio Odebrecht e Luiz Inácio Lula da Silva. Lula morreu politicamente”, diz Marco Antonio Villa.

Assista ao comentário completo: