Marco Antonio Villa: hoje é dia de comemorar, Lula não está acima da lei

  • Por Jovem Pan
  • 05/04/2018 18h54
EFE/Fernando Bizerra JrEx-presidente Lula foi condenado a por corrupção passiva e lavagem de dinheiro pelo recebimento de propinas de R$ 2,2 milhões da OAS

Com a expedição do mandado de prisão pelo juiz Sergio Moro, o ex-presidente Lula tem até essa sexta-feira para se apresentar à Polícia Federal. Até lá ainda vai ter muito blefe do PT, mas hoje é um dia de comemorar. É um grande dia.

O recebimento da decisão pelo TRF-4 foi rápido e imediato como deve ser a justiça. Lula não é um cidadão acima da lei. Lula foi chefe do maior esquema de desvios de recursos públicos da história da humanidade. Lembrando que essa é só mais uma ação penal contra Lula. Tem mais seis ainda para serem julgadas. Neste primeiro semestre ainda devem sair uma ou duas condenações destas ações que estão tramitando.

Que seja cumprida a ordem judicial e lugar de criminoso e ladrão é na cadeia. Isso tem um significado fantástico num país em que os poderosos raramente foram para a cadeia. A Operação Lava Jato mudou a história do Brasil. Nunca tanta gente esteve presa. Por isso, que eles odeiam a ação da Polícia Federal, do MPF e da justiça federal.

A determinação do juiz Sergio Moro foi muito serena ao marcar hora e local. Desta forma se elimina as “mobilizações” das tropas de aluguel, que na verdade dizem que vão levar milhares, mas levam centenas ou dezenas de pessoas.

STF foi preciso
A estratégia do julgamento no STF foi absolutamente correta e Cármen Lúcia foi muito bem. Já o Marco Aurélio é um pitbull para falar com as ministros e um gatinho para se dirigir aos ministros. Ele foi deselegante como sempre. Gilmar Mendes não pode ficar impune. Ele não pode pisar na consciência dos brasileiros. Ele viola a lei e nos humilhou com a fala dele. Ele não entendeu que hoje o Brasil é o país da política.