0:00
0:00

O STF não segura mais a Lava Jato

  • Por Jovem Pan
  • 17/05/2017 23h23
Marcello Casal Jr/Agência BrasilMarcello Casal Jr/Agência BrasilBrasília tem protesto contra o Congresso e a favor da Lava Jato - "100% Lava Jato

Marco Antonio Villa comenta a delação que abala o governo de Michel Temer. Confira alguns trechos e assista ao vídeo mais abaixo.

A Constituição dispõe que, se Temer cair, o Congresso elege um novo presidente. A convovação de uma eleição direta depende da aprovação de uma emenda constitucional.

A questão central é política. Precisamos esperar que o ministro Edson Fachin disponibilize tudo, tudo o que tem. 

O Brasil exige transparência total na maior crise de sua história que o Brasil vive.

É graças à Lava Jato que nós estamos vendo tudo isso.

Temos um sistema carcomido: o Executivo, o Legislativo e o Judiciário.

O primeiro plano envolve o presidente da República. Caso a gravação comprove que o presidente tenha dito esses diálogos em pleno exercício da função, aí eu creio que o presidente teria o bom senso de renunciar.

Se renunciar assume o presidente da Câmar e, em 60 dias o Congresso deve eleger um novo mandatário.

A acusação também envolve o candidato de oposição de 2014 que foi ao segundo turno, Aécio Neves.

As denúncias recentes teriam o envolvimento de Lula e Dilma. Ou seja, todos os últimos presidentes, inclusive o adversário da última eleição, envolvidos.

O STF, a Segunda Turma em especial, jogou contra a Lava Jato. O ministro Gilmar Mendes que hoje está em São Petersburgo chamou os membros da Lava Jato de “juvenis”.

Agora a gente vê quem é lacaio e quem não é lacaio. A estrutura carcomida chega à cortes superiores de Brasília

A Lava Jato tem de ir até o final. STF não segura mais. Não tem moral.

Creio que o ministro Fachin vai fazer o que os brasileiros esperam e divulgar as acusações. Transparência.

Vamos proclamar a República. Nós somos o povo brasileiro que quer trabalhar, quer respeitar a coisa pública.

O Estado brasileiro está à serviço de corruptos.

O juiz Sergio Moro foi brilhante no depoiment de Lula.

Quantas vezes eu vi lacaios atacando Deltan Dallagnol.

Hoje é um dia histórico. A noite será histórica. Os dias serão longos.

E a Jovem Pan vai cumprir a sua função.