0:00
0:00

Prender Nuzman é o mínimo, basta ver o legado olímpico

  • Por Jovem Pan
  • 05/10/2017 07h39

Heitor Vilela/COB

"Nuzman é conhecido por desviar recursos. É homem de confiança de Sérgio Cabral”, diz Marco Antonio Villa

Polícia Federal prende Carlos Arthur Nuzman, na manhã desta quinta-feira (05), em desdobramento da Operação Lava Jato.

O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro é suspeito de fraude na escolha do Rio de Janeiro como sede dos Jogos Olímpicos do ano passado.

“Isso é uma boa notícia. Prender o Nuzman é o mínimo, basta ver o legado olímpico. Nuzman é conhecido por desviar recursos. É homem de confiança de Sérgio Cabral”, diz Marco Antonio Villa.

Assista ao comentário completo: