Resultado no STF é fruto da pressão popular, e ela tem de continuar

  • Por Jovem Pan
  • 05/04/2018 07h38
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil"Foi a pressão popular que levou que o STF cumprisse decisão. A pressão tem de continuar”, diz Marco Antonio Villa

Por seis votos a cinco, Supremo Tribunal Federal nega habeas corpus que tentava evitar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A sessão, que durou quase 11 horas e terminou de madrugada, foi decidida pelo voto da ministra Rosa Weber, considerado até então uma incógnita.

“Foi cansativa, a sessão terminou pouco antes da uma da manhã e graças às pressões populares é que houve este resultado. Decisões como essa do STF são decisões políticas. Foi a pressão popular que levou que o STF cumprisse decisão. A pressão tem de continuar”, diz Marco Antonio Villa.

Confira o comentário completo: