Nicolás Maduro decreta novo estado de exceção que restringe garantias na Venezuela.

A medida deveria ser aprovada no parlamento, de maioria opositora e que está em desacato, por isso a constitucionalidade será avaliada pelo Supremo.

“Se a Venezuela é uma ditadura, e o Governo brasileiro deixou isso bem claro. Eu volto a perguntar à secretária de Direitos Humanos, Flavia Piovesan, por que foi pedir apoio da Venezuela?”, questiona Marco Antonio Villa.

Assista ao comentário completo: