Com inflação menor, Banco Central define a taxa básica de juros em 13 p.p ao ano, no terceiro corte seguido.

A redução em 0,75 ponto percentual surpreendeu a maior parte do mercado financeiro, que esperava uma queda menor.

“Tem de ser mais. Realmente surpreendeu, mas eu quero uma queda maior. Ao menos foi um passo positivo”, diz Marco Antonio Villa. “Com essa taxa de juros não há economia que funcione”, completa.

Confira o comentário completo: